Eu sou um dos Trezentos

Hoje eu tive a honra de ser convidado pelo Sérgio Amadeu para fazer parte do blog coletivo Trezentos. Abaixo a descrição do blog:

Este é um blog coletivo. Muitos autores, muitos temas e muitas visões.
O que nos une? A idéia de que a vida não se limita as relações de mercado capitalistas. Que profundas transformações estão em curso e sua turbulência já foi percebida. A sociedade é conflito e equilíbrio. Estamos aqui no ciberespaço, um lugar demasiadamente amplo, um não-lugar, o espaço dos fluxos. Uma realidade virtual que permite articular nossas ações presenciais.
Não estamos em uma garganta. Não pretendemos defender nenhum estreito. Não gostamos de gatekeepers e de todos aqueles que querem diminuir ou bloquear a liberdade e a diversidade cultural. Somos trezentos e queremos passar, gostamos de compartilhar nossas idéias, defendemos as redes P2P. Por isso, não somos de Esparta. Somos amigos do Mário. Que Mario? Aquele que…

“Eu sou trezentos, sou trezentos-e-cincoenta,
As sensações renascem de si mesmas sem repouso,
Ôh espelhos, ôh Pireneus! Ôh caiçaras!
Si um deus morrer, irei no Piauí buscar outro!”
(MÁRIO DE ANDRADE, EU SOU TREZENTOS)

Já repararam na minha responsabilidade, não é? Para facilitar o acompanhamento das minhas publicações, quando eu publicar algo lá, colocarei uma chamada aqui, com o título do artigo.

Minha primeira publicação já está lá e é sobre o importante ato contra o AI-5 digital que ocorrerará segunda-feira, dia 1º de junho em Belo Horizonte. Espero encontrar vocês lá.