Como extrair o arquivo PDF original de arquivos .pdb gerados para o Palm

Uma das coisas chatas do computador de mão da Palm (o famoso Palm Pilot ou handheld) era que pra poder ler arquivos PDF nele era necessário rodar uma versão especial do Adobe Acrobat para que o arquivo original fosse convertido para um formato reconhecido pelo dispositivo. Esse arquivo ganhava a extensão genérica de documentos do Palm (.pdb) e, aparentemente, não poderia ser "revertida" para o arquivo PDF original. Eu nunca consegui entender muito bem a necessidade dessa conversão, especialmente porque existe uma versão do Xpdf feita exatamente para abrir esse formato de arquivo no Palm (chamada de PDFmob), sem a necessidade de nenhuma conversão. Coisas da Palm e da Adobe

Pois eu me deparei justamente com o problema de ter que recuperar um arquivo PDF que estava encapsulado em um .pdb. Depois de alguma pesquisa, descobri que alguns programas poderiam fazer isso, mas nenhum deles era para GNU/Linux. Então eu encontrei, nesta publicação de fórum, uma forma simples e fácil de fazer o trabalho. Uma vez que o arquivo .pdb é o PDF encapsulado com algumas informações extras, basta abrir o arquivo em um editor hexadecimal e extrair somente a "parte PDF" dele, ignorando todo o resto.

Para fazer isso, você vai precisar de um editor hexadecimal (eu usei, no KDE, o Okteta). Abra o arquivo .pdb nesse editor e procure pela seguinte sequência (em hexadecimal): 25 50 44 46 2D. Essa é a sinalização de início do arquivo, que, traduzida para caracteres, significa "%PDF-" (no Okteta é possível procurar tanto pela sequência hexadecimal quanto pelo seu correspondente em caracteres). Feito isso, localize a sequência de finalização do arquivo: 25 25 45 4F 46 (que, traduzido, é "%%EOF"). Agora marque todo o conteúdo da sequência inicial à final (incluindo ambas), copie-o e cole-o em um novo documento. E, pra fechar, salve-o com a extensão .pdf. Pronto! O seu PDF acaba de ser recuperado.  🙂

Só tem um porém (claro, sempre tem um). Isso só funciona 100% com documentos que sejam somente texto ou tenham imagens pequenas. Isso porque, quando se tem documentos com formatação mais complexa ou imagens grandes, o conversor para Palm diminui a resolução das imagens para caber na tela do aparelho e pode, também, mudar alguns detalhes na diagramação do documento. Mas sempre vale a pena testar e ver se não atende ao que desejamos recuperar, ok?