GNU/Linux em série de televisão

Depois de muita insistência de um amigo meu (e muita curiosidade da minha parte também), resolvi assistir ao episódio 1 da série de televisão Heroes. Pra quem ainda não ouviu falar (e explicando de maneira absurdamente reduzida), ela trata de pessoas comuns que começam a desenvolver poderes. Como só assisti ao primeiro episódio (e faço questão de não saber nada do que vai acontecer pra frente, antes de assistir os outros) não consigo dar mais detalhes sobre ela.

Mas uma coisa já me chamou a atenção logo de cara. Bem no início do episódio, tem uma cena em que uma das protagonistas (chamada Niki Sanders) está fazendo um show de strip-tease para um cliente na Internet. Pois bem, em uma das tomadas, é focalizada tela do computador. Quando eu bati o olho, deu a impressão de ser o GNU/Linux, mas a tela estava meio borrada e não deu pra ter certeza. Mas eis que ela se levanta e vai conversar com o cliente e – surpresa! – ela está usando o Kopete como mensageiro instantâneo!!! Para quem não conhece, Kopete é o comunicador instantâneo padrão do KDE, um dos gerenciadores de desktop do GNU/Linux. Achei o máximo!

Pelo jeito a dominação mundial está mais avançada do que se pensava… 😉